segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Não pode faltar luta – Goiás Esporte Clube

A demissão de Sílvio Criciúma e a contratação de Hélio do Anjos foi bem recebida pela maioria dos torcedores Esmeraldinos, entendem que a culpa não é do técnico, mas sim do elenco do verdão que não consegue dar uma resposta dentro de campo há muito tempo. É a sétima troca no comando do Goiás em nove meses, sem falar que a situação caótica em competições nacionais levou o ex-presidente Sérgio Rassi a renunciar ao cargo diante da pressão da torcida. 
Hélio dos Anjos assume o Goiás pela sexta vez e retoma a parceria vitoriosa com o Esmeraldino

Não há muito o que fazer em termos de comando, é preciso que os jogadores mudem a atitude, o problema não é emocional, financeiro ou de convivência, mesmo assim alguém precisa trabalhar o lado motivacional com os atletas, e que tenha pulso para se necessário for mexer nos medalhões da equipe, dispensar quem não quer jogar ou se sente pressionado de alguma forma, pois somente os jogadores querendo é que o Goiás vai sair desta situação. O primeiro passo neste momento é o obvio, o Goiás precisa voltar a vencer para retomar a confiança.

A recuperação do Goiás dentro da competição virá com a sequência de trabalho implantado pelo novo comandante, mas é bom frisar para o torcedor que as coisas não vão se resolver do dia para noite. É preciso ter paciência para não desandar de vez o doce.

A estreia de Hélio dos Anjos será contra o Paysandu no sábado, no primeiro jogo do Verdão com presença de torcida em Goiânia desde o dia 7 de julho, quando o clube venceu o Luverdense. Desde então, foram cinco partidas de portões fechados, em cumprimento à pena imposta pelo STJD pela briga de torcedores no clássico contra o Vila Nova, no dia 24 de junho.

O Vila Nova disputando vaga na série A não conseguiu levar mais do que 15 mil pagantes ao Serra Dourada no último sábado ensolarado, quem sabe a massa Esmeraldina consiga atingir pelo menos 20 mil pessoas para apoiar o time nesta partida hiper decisiva e que tem Hélio dos Anjos como principal atração.

domingo, 17 de setembro de 2017

O Comandante voltou!

Uma publicação compartilhada por Goiás Esporte Clube - Oficial (@goiasoficial) em
Hélio dos Anjos é o novo técnico do #GoiásEC. Ele assumirá o comando técnico do time esmeraldino no início da próxima semana.




Fonte:
Goiás Esporte Clube - Oficial (@goiasoficial) • Fotos e vídeos do Instagram

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

#REAGEGOIÁS – Jogadores assumem culpa e classificam situação do Goiás como “vergonhosa” – Goiás Esporte Clube



Os jogadores assumiram a culpa pela péssima campanha esmeraldina na competição e classificaram a situação do clube como "vergonhosa". O Alviverde pode terminar a rodada na 18ª colocação, dentro da zona de rebaixamento.
- Está vergonhosa a nossa situação. Temos que criar vergonha na cara. Bater na cara mesmo e falar que somos os responsáveis. Não pode acontecer isso, ainda mais dentro de casa - criticou Carlos Eduardo.
 




 Fonte: Jogadores assumem culpa e classificam situação do Goiás como "vergonhosa" | goiás | Globoesporte

Jean Carlos fala em volta por cima: “O Goiás não merece esta situação”



Com o revés por 1 a 0 frente ao Paraná, o Goiás, com 25 pontos, ficou cada vez mais perto da zona de rebaixamento e poderá entrar no Z-4 no complemento da rodada, ultrapassado por Santa Cruz ou Figueirense, que ainda vão entrar em campo. 

Para Jean Carlos, o clube não merece estar nesta situação, e os jogadores precisam conquistar as vitórias para evitar uma trágica queda.    




Fonte: Após derrota, Jean Carlos fala em volta por cima: "O Goiás não merece esta situação" | goiás | Globoesporte

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Após lesões, Fábio Sanches tenta reconquistar espaço no Goiás | Blog by Goiânia



Fábio Sanches está com muita vontade de ajudar o time esmeraldino na próxima quarta-feira, em casa, contra o Paraná. Motivação não falta para o jogador, que passou mais de três meses no departamento médico entre abril e julho se recuperando de lesão.
De volta na vitória por 3 a 0 sobre o CRB, Fábio Sanches se machucou novamente, desta vez de forma menos séria. Ele já está recuperado e à disposição do técnico Sílvio Criciúma


 Fonte: Após duas lesões, Fábio Sanches tenta reconquistar espaço no Goiás | goiás | Globoesporte

Goiás deve ter mais opções para enfrentar o Santa Cruz em jogo de seis pontos – Goiás Esporte Clube



É consenso na mídia e no clube que a pressão pelos resultados acaba por influenciar no rendimento dos atletas, o torcedor cobra resultados que tragam animo para sequência da competição e o treinador é sabedor que um triunfo pode mudar completamente o ambiente e trazer de volta a confiança para o elenco. 

Além do zagueiro Alex Alves, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo e não enfrentou o Paraná, o treinador esmeraldino provavelmente vai poder contar com o retorno do meia-atacante Tiago Luís. 

Recuperado de lesão na panturrilha, ele já treina normalmente.

Também deve ficar à disposição o zagueiro Bruno Aguiar, que está treinando após ter tratado de lesão no joelho. 

A maior dúvida ainda fica por conta do aproveitamento ou não do atacante Júnior Viçosa, que tem lesão muscular.

+ Goiás volta aos treinos após atividade cancelada por questões de segurança.

O Goiás volta a campo no dia 15 de setembro, fora de casa, contra o Santa Cruz. As duas equipes lutam contra o rebaixamento. O time esmeraldino tem 25 pontos e poderá entrar no Z-4 se perder a partida para um concorrente direto. 




 Fonte: Goiás deve ter Tiago Luís e mais opções para jogo contra o Santa Cruz | goiás | Globoesporte

Protestos virtuais! Revoltada após derrota, torcida do Goiás “xinga muito” na web – Goiás Esporte Clube



Desta vez revoltados com a derrota de 1 a 0 para o Paraná, os torcedores "xingaram muito" nos comentários da foto, que anunciava o início da partida.
Os esmeraldinos não perdoaram os jogadores, o técnico Sílvio Criciúma e, principalmente, a diretoria. Sobrou até para quem administra a conta, que não informou sobre o gol do Paraná, tampouco sobre o fim do jogo.
 


Atenção torcedor! Goiás naufraga durante punição e clama por ajuda da torcida para sair do Z-4 – Goiás Esporte Clube



A fase é ruim e o sonho do acesso teve que ser adiado, mas a torcida sabe do seu potencial para ajudar o time a deixar a zona desconfortável em que se encontra, a maior do Centro Oeste pode, e vai fazer a diferença junto com o time na fuga do Z-4.




O período de derrocada do Goiás no Campeonato Brasileiro coincide com a punição da perda de cinco mandos de campo imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da briga entre torcedores no clássico contra o Vila Nova, disputado no dia 24 de junho. Este foi o último jogo do Verdão no Serra Dourada com a presença de torcedores.

Antes do julgamento, o Esmeraldino ainda atuou de portões abertos contra o Luverdense, no dia 7 de julho, quando venceu por 3 a 1, no Olímpico. Desde então, a equipe ou jogou fora de casa ou jogou de portões fechados. Em cinco partidas sem torcedores, o Goiás venceu apenas o CRB. Também empatou com o América-MG e perdeu para Londrina, Oeste e Paraná. Depois que venceu o Luverdense no dia 7 de julho, o time perdeu para Criciúma e Guarani, fora de casa, e só então começou a cumprir a punição.
Fonte: Goiás naufraga durante punição e clama por ajuda da torcida para fugir do Z-4 | goiás | Globoesporte

Sílvio Criciúma tenta acabar com irregularidade do Goiás para voltar a vencer – Assuntos de Goiás | Questão Brasil



- A gente tem que ter uma postura de inteligência para conseguir o resultado. Temos que administrar bem as situações dentro do jogo. Estamos buscando a melhor formação. Não sei se vai ser possível repetir time. Existem lesões, suspensões, tem a procura por um sistema melhor e uma identificação de jogo, diz o treinador. 




 Fonte: De volta ao comando, Sílvio Criciúma tenta acabar com irregularidade do Goiás | goiás | Globoesporte

Sílvio Criciúma não encontrou ainda a formação ideal do Goiás



Contra o Paraná jogando em casa o treinador optou por três atacantes, sendo que nenhum deles era homem de área. O meio campo ficou equilibrado do ponto de vista de marcação, mas toda criação ficou por conta de Léo Sena. 

O treinador terá a sua disposição jogadores que estavam suspensos ou machucados para escolher quem vai à campo para lutar pelos três pontos em uma partida que vale seis. 

O elenco Esmeraldino não é desqualificado como pregam alguns, mas por algum motivo as coisas não estão dando certo.

O comandante ainda estuda se vai com dois meias ou se a melhor opção é entrar com um terceiro atacante, com característica de referência na área. 

Na última semana, ele testou a equipe com Andrezinho e Jean Carlos fazendo a armação de jogadas.

Nesta segunda, porém, o treinador optou Aylon ao lado de Michael e Carlos Eduardo no setor ofensivo. 

Fonte: Dois meias ou três atacantes? Escalação do Goiás ainda não está definida | goiás | Globoesporte

Assuntos de Goiás TV

Pesquisar este blog

Seguidores